KMZ ASSOCIADOS

por Kleber B. Ziede

Redução dos juros exige novas estratégias e reposicionamento das empresas

Leave a comment

A redução das taxas de juros no mercado americano anunciada neste mês de junho pelo FED, aliada às declarações do presidente do Banco Central Europeu de que o enfraquecimento da economia global vai requerer medidas semelhantes no velho continente, abre espaço para que o Copom – Comitê de Política Monetária inicie, finalmente, uma redução gradual na taxa SELIC, podendo, segundo analistas de bancos estrangeiros encerrar o ano de 2019 entre 5,50% e 5,00%.

O Copom já havia reconhecido em seu último boletim o enfraquecimento da atividade economia brasileira, porém estava condicionando um possível corte nas taxas de juros à aprovação da reforma da previdência.

Segundo analistas políticos, os movimentos mais intensos para aprovação do relatório na Câmara dos Deputados até meados de julho, antes do recesso parlamentar, sinaliza a possibilidade de o Copom reduzir a taxa básica de juros para 6,00% na próxima reunião que deverá ocorrer no final do mês de julho.

Este movimento já está sendo precificado pela Bolsa de Valores, tendo superado os 102 mil pontos nesta semana.

Esta possível redução nas taxas de juros já neste mês julho pode ser o segundo mais importante fator para impulsionar a economia brasileira a partir do segundo semestre, beneficiando setores que são grandes geradores de emprego, como o da construção civil, o de infraestrutura e o de logística.

Também devem ser beneficiados os investimentos de maior risco, como em ações, fundos multimercados, além de incentivar um maior afluxo de recursos externos no curto e médio prazos.

Será benéfico inclusive para os projetos de privatização do Governo Federal e de alguns governos estaduais, na media em que os grandes interessados podem ser empresas estrangeiras. Poderá igualmente estimular empresas nacionais a retirarem da gaveta os seus projetos de lançamento de ações.

Por fim, não menos importante, irá reduzir proporcionalmente o custo de rolagem da dívida pública brasileira.

O segmento da construção civil voltado para a moradia popular, por meio do programa Minha Casa Minha Vida, continua com uma forte demanda em nível nacional e deverá receber mais recursos e uma nova roupagem, de acordo com declarações do próprio governo, se demonstrando uma alternativa importante de crescimento.

O segmento de logística deverá ter um bom aquecimento, a partir de um maior consumo e uma maior demanda por reposição e reforço nos estoques da indústria e do comércio.

Todos estes movimentos exigem das empresas que pretendem investir uma revisão das suas estratégias de gestão de recursos e um posicionamento em relação aos seus planos de investimentos e de aquisições.

Há muitas empresas com projetos já engatilhados, aguardando apenas o momento mais favorável para investirem, que pode ocorrer com a esperada redução de juros.

Nos últimos anos o modelo de crescimento da economia brasileira foi alicerçado nos gastos das famílias e nos gastos do Governo Federal.  Este modelo se esgotou.

Por um lado as famílias estão ainda muito endividadas, por outro o nível de desemprego é preocupante, gerando muita insegurança e desestimulando a quem está empregado assumir compromissos de longo prazo. É preciso elevar o nível de confiança por meio da geração de empregos.

O Governo Federal não dispõe de recursos para investimentos e, mesmo com a aprovação da reforma da previdência, levará um tempo considerável até dispor de recursos para tal.

Logo, a equação para estimular concretamente a economia passa pela redução das taxas de juros.

O Brasil não pode mais esperar!

Kleber B. Ziede, economista e sócio da KMZ Associados

Author: kleberziede

Economista, Pós graduado em Planejamento e Gestão , Pós graduado em e Administração Financeira, Especialista em Governança Corporativa, Sócio Sênior da KMZ Associados

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s